Questões Brasil Império - História



Gabarito no final das questões.


Questão 1
(FMU) A regra eleitoral prevista na Constituição outorgada em 1824 caracterizava-se por

a) instituir o voto secreto e proibitivo aos solteiros menores de 25 anos de idade

b) aplicar eleições indiretas e censitárias e em níveis provincial e paroquial

c) promulgar eleições diretas para presidentes e senadores das províncias

d) impor o sufrágio universal aos maiores de 18 anos, com exceção dos analfabetos

e) estabelecer o voto descoberto e eleições diretas à Câmara dos Deputados e Senado









Questão 2 (FMU) Além de reintegrar a economia brasileira no mercado internacional, a partir de 1850, o café foi responsável

a) pelo incremento das relações assalariadas de trabalho

b) pelo surto industrial ocorrido na região sul do Brasil

c) pela autonomia do Brasil em relação ao imperialismo britânico

d) pela intensificação do tráfico africano

e) pelo deslocamento do eixo econômico em direção ao centro-oeste









Questão 3 (PUC-PR) A respeito da economia e da sociedade no Segundo Reinado (1840-1889), complete as lacunas e assinale a alternativa correta:

O café foi o principal produto de exportação do período, tendo na Província do Rio de Janeiro mão-de-obra basicamente __________. Em função da Guerra de Secessão nos Estados Unidos, na década de 1860 o açúcar foi superado pelo(a) ________. Ocorreu a substituição da mão-de-obra escrava pelo trabalho do imigrante europeu na Província de(a) __________, sendo que inicialmente se lhes aplicou o sistema de trabalho denominado __________. Confirmando e ampliando a formação dos latifúndios, em 1850 foi determinado por meio da __________, que terras públicas só poderiam ser adquiridas mediante compra.

a) assalariada - fumo - Bahia - parceria - Lei das Capitanias.

b) escrava - cacau - Minas Gerais - cooperação - Lei das Concessões.

c) escrava - couro - São Paulo - harmonia - Lei Imobiliária.

d) escrava - algodão - São Paulo - parceria - Lei de Terras.

e) assalariada - algodão - São Paulo - parceria - Lei de Arras.









Questão 4 (PUC-PR) Instalado em 1822, o Império do Brasil encontrou dificuldades no reconhecimento de sua Independência por parte dos Estados europeus.
Essas dificuldades existiam devido:

a) ao fato de o Brasil ter pesadas dívidas em várias capitais européias.

b) ao fato de ter estabelecido a forma monárquica de governo.

c) à sua própria organização interna, pois a Constituição de 1824 afastava o voto direto, secreto e universal.

d) à política reacionária e antinacionalista definida no Congresso de Viena e praticada por várias potências européias.

e) à negativa do governo de D. Pedro I em restituir a Província Cisplatina aos seus povoadores de origem castelhana.









Questão 5 (PUC-RJ) Para muitos brasileiros que vivenciaram o período regencial (1831-1840), aquele foi um tempo de impasses, mudanças e rebeliões. Sobre esse período, é correto afirmar que:

I - a renúncia inesperada do Imperador D. Pedro I levou à nomeação de uma regência trina e à implantação, em caráter provisório, de um governo republicano.

II - a antecipação da maioridade de D. Pedro II, em 1840, garantiu o restabelecimento da ordem monárquica e a pacificação de todas as revoltas que ameaçavam a integridade territorial do Império.

III - houve uma série de revoltas envolvendo desde elementos das tropas regulares até escravos, destacando-se, entre elas, a Farroupilha, a Cabanagem e a Revolta dos Malês.

IV - a ausência provisória da autoridade monárquica estimulou a proliferação de projetos políticos destinados à reorganização do Estado imperial.

Assinale a alternativa:

a) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.

b) se somente a afirmativa I estiver correta.

c) se somente as afirmativas II, III e IV estiverem corretas.

d) se somente as afirmativas III e IV estiverem corretas.

e) se todas as afirmativas estiverem corretas.









Questão 6 (PUC-RS) INSTRUÇÃO: Para responder à questão , sobre os partidos políticos no Império, observe atentamente o organograma abaixo.




(Extraído de ALENCAR, Chico et al. História da Sociedade Brasileira. Rio de Janeiro: Ao Livro Técnico, 1996, p. 158.)

Tendo por base o organograma acima, é correto afirmar que

a) os "partidos" português e brasileiro, existentes no Primeiro Reinado, eliminaram suas divergências ao longo do Período Regencial, vindo a unificar-se e a formar o Gabinete da Conciliação (1853-58).

b) os grupos políticos dos Liberais Moderados e dos Liberais Exaltados, existentes durante o Período Regencial, passam a formar unanimemente o Partido Liberal, a partir de 1840.

c) os Liberais Moderados ou "Chimangos", grupo formado exclusivamente por gaúchos ligados a Borges de Medeiros, são os responsáveis diretos pela criação do Partido Republicano, a partir de 1870.

d) os Partidos Liberal e Conservador eram formados, parcialmente, por políticos ligados aos grupos liberais moderados do Período Regencial.

e) os Partidos Conservador e Liberal não tinham qualquer ligação, respectivamente, com os Partidos Regressista e Progressista, o que é indicado pela linha tracejada, que representa uma ruptura entre estes grupos políticos .









Questão 7 (PUC-PR) Os principais produtos de exportação do Segundo Reinado (1840-1889) foram agrícolas, colocando-se sempre em primeiro lugar o(a):

a) açúcar..

b) erva-mate..

c) café.

d) trigo

e) arroz









Questão 8 (PUC-RJ) Sobre a religiosidade e a Igreja Católica no século XIX, no Brasil, é correto afirmar que:

a) Segundo as leis do Império, ao Imperador cabia o direito do padroado, nomeando bispos e outros titulares de cargos eclesiásticos no Brasil e, desta forma, subordinando a hierarquia da Igreja ao poder imperial.

b) A Constituição de 1824 estabelecia a "Religião Católica Apostólica Romana" como "Religião do Império", e, assim, proibia, terminantemente, o culto de todas as outras religiões.

c) A quase totalidade da população brasileira era católica e utilizava o espaço das igrejas para praticar a religião. O episódio de Canudos, ao final do século, representando um desvio nos cânones da Igreja pelos seguidores de Conselheiro, configurou uma exceção.

d) A união entre Igreja e Estado nem sempre se realizou de forma harmônica. A "Questão religiosa", em fins do Império, expressou a insatisfação de alguns bispos perante a proibição do Imperador ao livre funcionamento das lojas maçônicas.

e) Enquanto algumas ordens religiosas, como a dos beneditinos e a dos carmelitas, estabeleceram-se livremente, no Brasil, outras, como a dos jesuítas e a dos franciscanos foram proibidas de construir igrejas e mosteiros.









Questão 9 (PUC-RJ) "A raça ariana, reunindo-se, aqui, a duas outras totalmente diversas, contribuiu para a formação de uma sub-raça mestiça e crioula, distinta da européia. Não vem ao caso discutir se isto é um bem ou um mal; é um fato e basta."

(Sílvio Romero, História da Literatura,)

Nos anos que antecederam a abolição da escravidão no Brasil e nas décadas que a sucederam, houve uma longa controvérsia, expressa em polêmicas, discursos e livros, acerca do caráter racial brasileiro. Acerca desta questão, analise as afirmativas abaixo:

I) As teses sobre a inferioridade da "raça africana", aliada ao sentimento da sua incapacidade para o trabalho livre e auto-estimulado, reforçaram a opção dos cafeicultores paulistas pela imigração européia.

II) O argumento de "que a raça chinesa abastarda e faz degenerar a nossa" objetivou impedir a imigração de chineses _ os "coolies" - para substituir a mão de obra escrava.

III) Vários homens de ciência, após a Abolição, defenderam que somente a fusão dos grupos étnicos poderia aprimorar o homem brasileiro, ao propiciar o seu branqueamento.

IV) Ao longo da década de 20, mas principalmente na seguinte, o homem nacional mestiço foi valorizado, sendo inclusive o argumento para a lei da nacionalização do trabalho, de 1931, obrigando todas as empresas urbanas a empregar, pelo menos, 2/3 de mão de obra nacional.

Assinale a alternativa que contém as afirmativas corretas:

a) somente I, II e III.

b) somente I, III e IV.

c) somente II, III e IV.

d) somente I, II e IV.

e) todas as afirmativas estão corretas.









Questão 10 (UFRRJ) SONETO

(Feito quando fui solto em 1830)

"Para quando, oh! Brasil, bem reservas

Numa cega apatia alucinado,

Não vês teu solo aurífero ultrajado,

Por dragões infernais fúrias protervas?

(...)

Ainda não tens, Tamoio, povo bravo;

Setas ervadas contra o lusitano

Que pretende fazer-te seu escravo?

Eia! Dos lares teus, despe o engano

Quem nasceu no Brasil não sofre agravo,

E quem vê um Imperador, vê um tirano".

Cipriano Barata

(In: Cascudo, Luiz da Câmara. Dr. Barata. Bahia, Imprensa Oficial do Estado, 1938. p. 49.)

Vocabulário: Agravo. Sm. Ofensa, injúria, afronta. Setas ervadas. Setas envenenadas. Protervo [ Adj.]. Impudente, insolente, descarado.

Cipriano Barata teve ativa participação nos movimentos políticos brasileiros da primeira metade do século XIX, com um discurso libertário denunciando os arranjos políticos das elites sempre em prejuízo da população desfavorecida. Os versos deste revolucionário brasileiro identificam um dos momentos de crise política no Brasil Imperial, qual seja

a) o enfraquecimento político de D. Pedro I, sua aproximação do "partido português" e a repulsa dos brasileiros a este comportamento.

b) a negativa dos setores conservadores em aceitar a decretação da maioridade de D. Pedro II.

c) a contestação dos governos regenciais por movimentos armados nas províncias de norte a sul do Brasil.

d) a expulsão dos Tamoios de suas terras pelos cafeicultores interessados na expansão de sua atividade econômica.

e) o início do governo de D. Pedro I com a expulsão de contingentes militares portugueses e a afirmação de uma nacionalismo brasileiro.












Gabarito:
1-b 2-a 3-d 4-d 5-d 6-d 7-c 8-a 9-e 10-a

Nenhum comentário:

Compartilhe

Artigos Relacionados